fundo Suelen Nery (2).png

Ei! Suelen Nery, aqui. Su ou Susu, como meus alunos costumavam chamar ;p

 

Se você é um adolescente ou mãe/ pai que deseja ajudar seu filho, está no lugar certo e vou te contar porque.

Foi dando aula para adolescentes ao longo de 11 anos da minha vida, atuando até como capelã (uma espécie de conselheira) em uma das escolas, que despertei para o trabalho com adolescentes. Vi que muitos se sentiam perdidos e com "dúvida sobre o que fazer da vida” (essas eram as palavras deles). Também se sentiam pressionados e até sem esperança quanto ao seu próprio futuro. O medo era a emoção comum. Medo de cometer errosda vida adulta, de ter que escolher algo para o “resto da vida” aos 16/ 18 anos, de não serem bem sucedidos. Logicamente, isso tudo fazia a ansiedade "bater com força".

"Susu, o que que eu faço?" 

 

A vontade de "dar o perdido", um game over naquela indecisão toda era grande, mas, claro, não tinham ideia de como.

Por que Mentoria para Adolecentes?

Por perceber esses problemas frequentes que, inclusive, interferiam no aprendizado e nas notas escolares, que comecei a me especializar para trabalhar com atendimentos individuais para adolescentes . Os resultados foram tão positivos que, no último ano, investi ainda mais nesses atendimentos, tanto passando a atender mães, quanto buscando mais conhecimento e construindo a Mentoria Zerando a Vida, que estou apresentando aqui para você.

Se você é um adolescente que está com esta dificuldade: não sei o que e como fazer a escolha profissional certa para mim, a Mentoria Zerando a Vida, como disse acima, é o lugar certo para você ENCONTRAR, EM 10 SEMANAS, A SUA TRAJETÓRIA PROFISSIONAL RUMO AO SUCESSO. Eu sei que isso pode parecer um exagero e uma ação impossível de ser feita. Afinal de contas, pode ser que você já esteja desde muito novo sofrendo com isso. Pode ser, também, que você sequer acredite em si mesmo, ache que não é bom em nada (pode até ser que você goste de muitas coisas ao mesmo tempo) ou tenha medo de errar.

Isso tudo causa muita ansiedade e faz com que você se sinta muito pressionado a fazer essa escolha profissional logo, como um “tiro no escuro” ou como a brincadeira infantil “uni duni tê”, na sorte, como se fosse um jogo. Aliás, quem “leva a sério” seu momento de descontração – muito mais para um gamer – sabe que deve levar em conta o conhecimento, preparo e, acima de tudo, estratégia e dedicação. E, quanto à escolha profissional, ainda existe a comparação a colegas junto com essa sensação: “todo mundo sabe o que quer, menos eu”. Por isso tudo ser muito pesado, principalmente emocionalmente, até mesmo para um adulto, é que, se eu não tivesse visto a transformação de clientes adolescentes que se sentiam perdidos – em alguns casos antes mesmo das 10 semanas –, eu também pensaria que é impossível.

O que você vai encontrar na Mentoria?

É, simplesmente, o lugar que você precisa para fazer alguma coisa diferente do que tem feito até então. A Mentoria é para o adolescente que quer decretar game over  na ansiedade sobre o futuro e ter uma adolescência com propósito. Aqui você tem acesso a: 

  1. Um encontro semanal durante 2,5 meses sem sair de casa (encontros on-line);

  2. Ferramentas práticas para vencer esse sentimento de incapacidade, de total falta de controle e de ansiedade;

  3. Passo a passo para "zerar" a decisão sobre o que pode ou quer ser;

  4. Construção de uma mentalidade que trabalha a seu favor;

  5. Planejamento inteligente sobre como chegar até os seus sonhos;

  6. Clareza sobre impedimentos no seu caminho e sobre como lidar com cada um deles (parar de dar desculpas e agir mais);

  7. Como encontrar seu propósito (seu porquê no mundo);

  8. Como colocar esse propósito em prática e maneiras de fazer dele sua profissão.

  9. Minha orientação a cada integrante para zerar etapas até o game over nas dificuldades de alcance do seu sucesso;

  10. Solução de suas dúvidas pessoais - cada participante, 1 a 1, é ouvido atentamente em suas questões e desafios.

  11. E mais 8 Bônus.

O formato de entrega é em grupo, mas a atenção que dou para cada participante é individual. Eu e você. Por isso o grupo é heterogêneo até na idade: adolescentes de 16 a 18 anos.

Costumo dizer que 90% do impedimento para atingir a realização quanto à escolha profissional e à segurança para traçar o percurso até ela não está em fatores externos (dúvida, falta de competências, apoio, recursos) mas, sim, nas forças internas que levam à desistência ou à paralisia. Os outros 10% envolvem situações de “força maior”, mas, mesmo assim, elas nem sempre representam total impedimento, por vezes, são apenas um adiamento dos desejos e sonhos. É para vencer isso que, na Mentoria, eu entrego técnicas comprovadas, conselhos para encurtar seu caminho e falo das minhas experiências pessoais.

Adolescente, Zere a Vida com Mentoria

COMO ENTRAR PARA A MENTORIA ZERANDO A VIDA?

Mentoria, com tudo o que cada membro recebe (como expliquei acima), é para você que está determinado a fazer acontecer de uma vez por todas aplicando força e atenção em pontos específicos. Por esse motivo é que é necessário preencher a Aplicação, que funciona como uma Lista de Espera, e nela avaliarei sua disposição e questões específicas que deseja trabalhar na Mentoria.

 

Você é o "meu eu" de 20 anos atrás?

Dos 16 aos 18 - até sair da escola - eu só queria encontrar uma profissão em que me visse feliz e que me desse ótimo retorno financeiro. Mas, sem planejamento, me sentindo pressionada e vivendo de comparações, decidi enfrentar um curso superior através do qual cresci muito, mas que não me levou a um caminho profissional de realização. Vivia angustiada, sem sentido e sem propósito na profissão por muitos anos. Eu achava que não tinha talento para nada e me sentia presa à realidade na qual eu estava.

O dia que mais me marcou foi um em que, no intervalo de uma aula para outra, fui ao banheiro, mas, no caso, para chorar. Sem contar as manhãs que ia dirigindo para o trabalho sob muitas lágrimas e pedindo a Deus para me ajudar a encontrar um jeito de mudar de vida. Quando nos sentimos tristes, decepcionados com a gente mesmo e se nos cobrando, achamos que não sabemos nada, que não temos capacidade. Nesse momento bate o sentimento de estar perdido, além da ansiedade que só faz enxergarmos a realidade pior do que ela é.

O que vem a seguir contém um hack para a possibilidade real de mandar um game over na indecisão 

Quando meus alunos me perguntavam como eu tinha me tornado professora eu sempre tentava colocar um sorriso no rosto e mostrar que estava feliz e muito certa da minha escolha. Era horrível, eu me sentia uma impostora. Eu não tinha escolhido ser professora porque havia pensado nisso a vida toda. O que eu imaginava, desde criança, para além das brincadeiras de escolinha, era que eu falava frente a um monte de pessoas que seguiam minhas ideias porque eu as inspirava. A pergunta deles se misturava às minhas dúvidas e um novo questionamento começou a ficar grudado igual chiclete na minha cabeça: como posso mudar essa situação?

Acredite, me questionar me ajudou muito a olhar para a sala de aula de um jeito diferente: o que é que eu tô aprendendo aqui que me capacita a fazer outra coisa da minha vida?

 

Uma primeira resposta encontrei nos estudos. Foi quando entrei para a pós graduação em Neurociências pela Universidade Federal de Minas Gerais, em 2016. Eu queria entender mais sobre o cérebro dos “seresumaninhos” para quem eu dava aula: os adolescentes. "Estudar mais?! Pra quê?!" Ok, se você pensou isso, faz sentido. Eu realmente não estava feliz com o ambiente escolar, pois sempre acreditei que a escola, do modo como funciona, vai fracassar - mais do que já tem - cedo ou tarde, porque "não tem base" um monte de gente enfileirada ainda igual ao que era no século XII. Mas, apesar de toda aquela angústia dos meus questionamentos internos, o que me ajudava a dar sentido para os meus dias eram as conversas de corredores, pátios e recreios passados com meus alunos.

Aqueles eram momentos únicos. Eu ouvia confidências e mais confidências, mas, para muitas das "dores emocionais" que compartilhavam, eu não tinha respostas técnicas - era o que eu sentia que faltava. A confiança deles eu já tinha, junto à paixão por passar tempos escutando cada um e, o mais importante: a sensação de que eu estava sendo útil e, por isso, completa. Então eu continuei investindo em mais formações, conhecimento, leituras e, com o tempo, em atendimentos individualizados e em grupos para adolescentes. Alguns meses após começar a atender adolescentes me abri para atendimentos formais a mães (já fazia pequenos atendimentos a mães nas escolas em que trabalhei). Três meses depois do atendimento à primeira mãe, completei minha mudança profissional. Hoje ajudo adolescentes e mães a encontrarem seu próprio sentido de vida, aprofundarem em suas capacidades e a ressignificarem seu convívio familiar.

Se eu consegui, você também consegue

Esse game over na sensação de que eu era pequena demais e que a realização profissional era para todo mundo, menos pra mim, nem pix, nem crédito algum pagam. Hoje sei o caminho não só porque estudei, mas porque apliquei em minha própria vida. Senti na pele, tanto na adolescência, quanto na vida adulta, o que muitos adolescentes – podendo você, inclusive, ser um deles – passam: o perrengue de achar que não servia para nada, de não saber o que fazer, "zero senso" de esperança sobre a minha vida. A primeira coisa que mudei: minha cabeça. Entendi o poder do autoconhecimento porque passei a me enxergar a partir da transformação do meu pensamento. Pratiquei as ferramentas comprovadas que aprendi. Hoje faço o que amo e ainda ganho para isso: influenciar e guiar a transformação de adolescentes.

Game over na dúvida sobre minhas capacidades, na confusão, game over nas indecisões, na pressão, no medo, na tristeza, game over na ansiedade.  Essa pode ser sua história de sucesso também. Demorei mais de 20 ANOS para zerar minha vida profissional, já você pode fazer isso em 10 SEMANAS.

SOBRE mzv (940 px × 185 px).png

COMO PREENCHER SUA APLICAÇÃO?

1ª FASE: Para participar da MZV é necessário investir em todas as etapas do processo. Então o primeiro passo é preencher a Aplicação clicando no botão abaixo porque é nela que eu verifico se você realmente tem o perfil para participar. Preencha cuidadosamente o formulário para disputar uma vaga. Os valores e formas de pagamento estarão descritos na Aplicação e são especiais para membros até maio desse ano. Após essa data nunca mais essa Mentoria será encontrada pelo mesmo valor.

2ª FASE: Eu vou ler a sua resposta e a de cada um dos interessados. Depois, escolherei quem pré-selecionados para a terceira fase, com base nas respostas e no perfil de cada um que preencheu a Aplicação. O preenchimento não garante sua candidatura.

3ª FASE: Eu mesma entro em contato com os responsáveis dos adolescentes pré-selecionados, primeiramente, via WhatsApp e também converso com os próprios pré-candidatos. Se eu decidir que é o melhor momento para você participar finalizamos, junto ao responsável, o processo de seleção no momento do contato.

 

A Mentoria Zerando a Vida é para quem:

  • quer descobrir mais sobre si mesmo e despertar seu potencial,

  • tem dúvida sobre o que fazer com relação ao seu futuro,

  • está na indecisão entre profissões que gostaria de seguir,

  • quer fazer uma escolha acertada,

  • sabe que pode vencer a preguiça,

  • deseja mandar um game over no medo de “bater o martelo” em relação a uma escolha profissional,

  • sente que tem dificuldade de traçar um planejamento,

  • prioriza ocupar uma pequena parte do seu tempo hoje para obter sucesso desde já,

  • deseja uma vida com propósito, com mais sentido.

NÃO  É  para quem: 

  • acredita que seu sonho é grande demais,

  • pensa que não pode ou que é bobagem viver aquele desejo de criança,

  • tem mais preguiça do que força de vontade,

  • está certo de que não pode seguir a profissão que quer, mas deve seguir aquela que o mercado “aceita” ou apresenta como possível,

  • quer resultados milagrosos e rápidos sem investir tempo e dedicação,

  • prioriza tanto a diversão no hoje que não se dedica ao que importa para seu amanhã.

Se você acredita que a Mentoria é para você preencha a Aplicação, clicando no botão abaixo.​

BÔNUS DA MENTORIA

​Além de todas as ferramentas, passo a passo, planejamento, orientação e de ser selecionado a dedo  você ainda recebe: 

  • Mini curso: "Bota um croped e reagehabilidades para se posicionar sem timidez e ansiedade";

  • Oficina 1: "ENEM e Sisu - o que preciso saber pra não dar mole";

  • Oficina 2: "Como entrar em contato e entrevistar um profissional-referência da área que eu escolher";

  • Oficina 3: "Na vibe do estudo eficiente: como trollar os maus hábitos";

  • Workshop 1: "Não seja um emocionado, seja um profissional desejado";

  • Workshop 2: "Como comunicar seu desejo profissional pros seus pais não ficarem [tão] bolados";

  • Workshop 3: "Como construir um currículo e fazer uma entrevista matadora".

  • Oportunidade de personalizar seu grupo, chamando seus amigos, para fazerem com você essa Mentoria incrível de escalada inicial da vida.

Só preencha esse formulário se você está realmente comprometido em fazer a diferença para si mesmo e para as pessoas à sua volta.​

 

SOBRE A SUELEN NERY

Suelen-30_edited_edited.jpg

Sou uma caçadora de adolescentes, ksksks. Ouço a palavra “adolescente” e meu interesse e minha motivação são automaticamente acionados.

 

Quando dava aula de Filosofia e Formação Humana e Cristã em escolas particulares eu fazia da conversa com os alunos uma fonte de assuntos para relacionar com a matéria que precisava ensinar. Junto com as experiências deles falava das minhas e acredito que isso gerava identificação porque digo que as dores da minha adolescência foram tão intensas para mim que é como se tivesse acabado de vive-las.

 

Um dos pontos de maior identificação era quando falava que sentia que meus pais queriam muito [e amorosamente] me proteger do sofrimento, mas, ao fazer isso, eles, sem querer, tornaram o enfrentamento da vida adulta algo bem difícil. Eu sou a prova viva de que proteção demais não nos deixa crescer e de que sair da zona de conforto, logicamente, é preciso, mas fica bem mais fácil com orientação e uma mentalidade de mudança.

 

Graduei em Teologia, mestrei em filosofia e continuei estudando (Neurociência, Orientação Vocacional, Análise Comportamental, só para citar alguns) – foi o que me ajudou muito a transformar minha mente. Hoje, após passar por todas essas experiências, tanto de vida, quanto com aulas, aquisição de conhecimentos e atendimentos, pude perceber que só saí da adolescência beeem depois dos 25 anos. Mas isso me ajudou a transformar minhas próprias vergonhas, perdas, escolhas mal sucedidas, saída tardia da zona de conforto na Mentoria Zerando a Vida.

 

Minha missão de vida e realização está em ver adolescentes encontrando sua vida com propósito.

Você ainda tem dúvidas sobre a MZV? Fale comigo no Whatsapp.

Copyrigth © 2022 - Suelen Nery - Todos os direitos reservados

ESTE SITE NÃO É DO FACEBOOK: Este Site não faz parte do Site do Facebook ou do Facebook Inc. Além disso, este site NÃO É endossado pelo facebook de nenhuma maneira. Facebbok é uma marca comercial independente da Facebook Inc.

Aviso Legal:
Os produtos e serviços vendidos nesse site não devem ser interpretados como uma promessa ou garantia de resultados. Os resultados variam para cada pessoa. Seu nível de sucesso em alcançar os resultados divulgados com o uso desse programa depende da sua dedicação, periodicidade de prática do passo a passo, conhecimento e disciplina em seguir todas as sugestões. Como esses fatores diferem entre cada indivíduo, não podemos garantir o sucesso ou o nível de resultado, nem somos responsáveis por qualquer de suas ações. Todas e quaisquer declarações prospectivas contidas neste site ou em qualquer um de nossos produtos destinam-se a expressar a nossa opinião sobre os resultados potenciais que algumas pessoas podem alcançar.